Pandemia: Sua Filha Desanimou no Ballet? Veja 4 Dicas para Motivá-la!

Esse ano de 2020 tem sido um ano com desafios que nenhum de nós esperávamos, não é mesmo? Uma pandemia que forçou a todos nós a nos isolarmos em nossas casas e com isso, deixarmos de fazer várias coisas que cotidianamente fazíamos. As escolas de dança foram atingidas em cheio, e todos tiveram que se reiventar, pois o ballet não pode parar, não é mesmo?

 

Para os bailarinos mais experientes a mudança tem sido desafiadora: muitos precisaram transformar suas casas em salas de aula para não perderem a forma e não deixarem de treinar.

Para as crianças, o desafio é ainda maior: a falta que faz o ambiente e as interações com a professora e amiguinhos; as distrações de fazer os compromissos em casa e o “excesso de telas”, tendo que fazer tudo pelo computador, tablet ou celular… Fora que para o professor é mais difícil manter a disciplina e a atenção dos alunos para conduzir as aulas com qualidade! Tudo isso com certeza ameaça a motivação dos pequenos.

O que mais ouvimos por aqui é: Minha filha desanimou com o ballet… Minha filha não quer fazer aula online… E agora? Muitos pais estão preocupados com seus filhos e eu não falo apenas dos pequeninos não, mesmo os adolescentes perderam o ritmo por conta da mudança de hábitos. O mais triste é que muitas crianças estão ficando sedentárias e até mesmo deprimidas com essa situação! Tadinhas, poxa!

É, não é fácil mesmo gente, o mundo mudou e por mais que as coisas voltem a melhorar, ele não será mais exatamente igual era antes. Sendo assim o que podemos fazer para nos adaptarmos a essas mudanças e ajudarmos os pequenos a encarar essa nova realidade? Se liga nessas 4 dicas que o quadro “Dica da Profe” de hoje trouxe para você:

Crie Uma Rotina

Pode parecer monótono, mas uma rotina é fundamental para nos mantermos ativos. Isso vale para as crianças também. Faça uma agenda de horários e inclua as crianças nisso! Se seu filho for pequeno, você pode fazer à moda antiga: Com cartolina, desenhos, coloque os dias da semana e para cada dia suas atividades com seus respectivos horários. Faça isso junto com eles: é um ótimo momento para você estimular o hábito da disciplina e ainda apresentar que há tempo para as responsabilidades como escola, aulas extra-curriculares, hora de comer, hora de brincar… Sim separe os horários de brincar também, isso pode ser estimulante para a criança e claro, criança precisa brincar!

Estimule Atividades Longe das Telinhas

Tanto crianças como adolescentes focam tanto nas telinhas que é normal perder a noção do tempo que passou, ficando horas na frente da TV, Youtube, jogos de videogame…. Acontece que quando chegar a hora que eles precisarem estar em frente as telas para estudar ou para as atividades extracurriculares, eles ficarão cansados por já terem passado bastante tempo, e distraídos pelas coisas que estava fazendo no tempo de lazer. Dica: Desafie-os a lerem livros, brincarem no quintal (se não tem quintal, brincarem com brinquedos como lego, bonecas, desenhos), fazerem um teatro! Aprenderem uma atividade nova e mais prática como cozinhar por exemplo ou tocar um instrumento!

Mexe Esse Corpinho

Até nós adultos temos tendência a procrastinar as atividades físicas. Por mais que, após 6 meses do início da pandemia, para algumas idades já seja possível treinar e fazer aulas presenciais, as crianças ainda precisam seguir nas aulas online e acredite, elas precisam continuar! Motivem-nas papais e mamães e se não for no ballet, que seja em outra atividade, mas não deixem essa criança parada! Criança precisa gastar energia, isso é saudável para elas. As escolas estão criando estratégias muito legais para manter os pequenos ativos e interessados nas aulas, mas uma ajudinha dos pais é sempre bem-vinda. Dicas: vista nela o uniforme de ballet, faça o coque, tudo como se ela fosse para a escola de ballet fazer aula. De vez em quando faça coques diferentes, uma maquiagem, brinque de personagens de ballet com ela, por exemplo: na aula de hoje você será a bailarina Frozen, ou até mesmo a Barbie (será que ela conhece a Barbie? Rsrsrs), enfim, criatividade nessa hora ajuda muito.

As Consequências e Resultados

Mostre para as crianças os resultados de ser disciplinado e cumprir as atividades. Não, eu não estou falando de recompensa e sim de consequência! Vou dar um exemplo: se a criança seguir a agenda programada, ressalte o quanto isso pode ser bom para ela: Olha que bacana, hoje você seguiu todos os horários e agora terá bastante tempo livre para brincar e se divertir! A vida é assim não é mesmo? Se fazemos tudo da maneira como deve ser feita, colhemos frutos bons, mas quando não levamos algo muito a sério, os resultados em sua maioria não são bons. Elogie e ajude quando ela tiver dificuldade, converse e se precisar mudar alguma coisa, mude. Desta maneira a criança vai se empenhar em fazer coisas produtivas que serão saudáveis para ela.

Espero que essas dicas ajudem sua pequena bailarina ou bailarino a se animar com as aulas de ballet. O ballet não faz bem apenas para o corpo, mas para a mente também. Ah! Outra coisa, eu gostaria muito de saber se você tem uma dica legal que pode ajudar outras mães também! Se tiver, compartilha nos comentários. E se você achou útil nosso post manda no grupo das mamães e compartilha essa ideia que com certeza vai ajuda-las também.

Um beijo da Tia Dedê :*

Deixe uma resposta

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência na Amora Ballet.