4 Benefícios do Ballet Clássico para a Mente

Não é novidade que a dança faz bem para a saúde, você deve até imaginar alguns destes benefícios: Postura, fortalecimento muscular, flexibilidade… Enfim, são vários os benefícios desta arte na vida dos bailarinos.

Existem diversas publicações sobre esse tema, então para que este post não fique repetitivo, fizemos uma pesquisa com nossos seguidores para entender o que exatamente eles gostariam de saber sobre os benefícios desta arte. Listamos aqui 4 benefícios da dança para a mente:

Melhora da memória, foco e concentração:

O aprendizado e treino da técnica do ballet envolve o exercício de decorar rapidamemte sequências coreográficas de barra e centro, que com o avanço dos níveis do bailarino vão ficando cada vez mais complexas.  Além disso, o tempo todo o bailarino precisa se manter focado em realizar as técnicas de cada movimento de maneira correta, trabalhando a conciência corporal simultaneamente. 

Podemos dizer que o bailarino não trabalha apenas o o corpo físico, mas a mente está o tempo todo sendo exercitada durante cada movimento o que demanda muita concentração do bailarino para conseguir fazer tudo de maneira limpa e correta.

Confiança e controle emocional:

As exigências que a dança traz para o dia a dia do bailarino, desde um movimento bem sucedido até a apresentação de uma coreografia solo, estimulam o bailarino a superar os próprios limites o que leva o dançante a desenvolver mais confiança em si mesmo.

Não podemos esquecer, que a dança faz com o que o bailarino lide com o medo e insegurança por meio dos ensaios e treinos contínuos e também nas apresentações o que é muito comum o dançante ficar nervoso. Todo este esforço age como treino para que o bailarino aprenda a lidar com as emoções, tanto as alegrias de quando tudo sai perfeito quanto as frustrações de quando nem tudo dá muito certo.

Sociabilidade

Desde o baby class até às grandes companhias de dança, a convivência entre bailarinos é estimulada nas aulas por meio de exercícios e até mesmo coreografias em duplas ou grupo. Essa rotina trabalha espontaneamente a interação entre os dançantes e muitas vezes no encontro de afinidades surgem amizades para a vida toda. Ou quem sabe um grande amor?

Afasta a depressão, ansiedade e estresse

Sabe aquele ditado: “Quem dança é mais feliz”? Podemos dizer que é verdade! Foram realizados alguns estudos com adolescentes com sintomas leves de depressão e após 12 semanas de terapia com dança, as pontuações que indicavam sofrimento psicológico diminuíram significativamente.

Isso por que quando dançamos liberamos endorfina e dopamina que ajudam o nosso corpo a regular nosso humor e emoções.

 

A dança vai muito além de uma atividade física, ela traz benefícios para nossa mente, melhora autoestima e ainda nos ajuda fazer bons amigos.

Vamos ficando por aqui, espero que tenham gostado deste post, mas deixo aqui um questionamento: você já observou que fica mais animado depois das aulas de dança? Conhece alguém que superou a depressão com a ajuda do ballet? Conta para a gente nos comentários os benefícios que a dança trouxe para sua vida.

Até a próxima!

 

 

Fonte pequisa citada:

https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/00207450590958574

Deixe uma resposta

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência na Amora Ballet.